Notícia

INFRAESTRUTURA

Secretaria de Estado da Infraestrutura
Sábado, 26 Março 2022 13:55
Infraestrutura Hídrica

ÁGUA NO SERTÃO: GOVERNO ENTREGA 17 BARRAGENS EM DELMIRO GOUVEIA E ÁGUA BRANCA

Oito barragens em Delmiro Gouveia e nove em Água Branca vai auxiliar as famílias que vivem da agricultura familiar e da criação animal

ÁGUA NO SERTÃO: GOVERNO ENTREGA 17 BARRAGENS EM DELMIRO GOUVEIA E ÁGUA BRANCA Ascom Seinfra

Ascom Seinfra

Na manhã desta sexta-feira (25), o secretário de Infraestrutura do Estado, Maurício Quintella, juntamente com a Prefeita de Delmiro Gouveia, Ziane Costa, estiveram reunidos no povoado de Sinibu, em Delmiro Gouveia, para a inauguração de dois dos três lotes de barragens que foram construídos nos munícipios de Delmiro Gouveia e Água Branca, Sertão de Alagoas.

Construídas ao longo dos primeiro 65 km do Canal do Sertão, o projeto de pequenas barragens tem como principal objetivo garantir o acesso à água para a população rural que vive em situação de extrema pobreza, estimulando a agricultura familiar e a criação de animais. Com o projeto, serão beneficiadas cerca de quase 2 mil famílias nos mais de 20 povoados distribuídos em três cidades contempladas.

O secretário Maurício Quintella também assinou a ordem de serviço para a construção das barragens do lote 2, onde sete serão construídas no município de Pariconha, e mais uma em Água Branca. Todo o recurso para a construção dos três lotes de barragens ultrapassa o valor de R$ 26 milhões, advindos do Fecoep (Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza) e do Tesouro Estadual. 

A prefeita de Delmiro Gouveia, Ziane Costa, não escondeu o seu contentamento com a magnitude das obras realizadas. Ela aproveitou a ocasião para falar do impacto positivo que as barragens trarão para os moradores da região e o quão importante é ter abastecimento de água para os sertanejos. “Só sabe o que é uma obra dessa quem precisa da água, eu que sou sertaneja com muito orgulho, só tenho a agradecer ao secretário Maurício Quintella e ao governador Renan Filho.“

Além de todos os benefícios levados para a região do Sertão alagoano com a construção das barragens, como melhoria na agricultura familiar, criação de pequenos projetos de irrigação e garantia que os animais não morram no tempo de estiagem, por exemplo, o Estado ainda proporciona geração de renda direta para os moradores com as obras. Somente no município de Delmiro, durante o período de construção das barragens 200 moradores da região foram empregados nos canteiros de obras.

“Só em Delmiro Gouveia estamos entregando oito barragens como essa. Só essa aqui, que não é a maior, tem capacidade para vinte milhões de litros de água. É uma barragem perene que garante não vai faltar água no período de estiagem”, afirmou Quintella. 

Para a estimativa acerca dos volumes e da área de ocupação de cada reservatório foram observados a topografia de cada local e realizados estudos de campos. Além disso, foram utilizados talvegues de rios da região, o que fez aproveitamento das condições topográficas naturais favoráveis, minimizando os custos da obra.

O sistema será estruturado com tubulações móveis de engate rápido, sistema de bombeamento móvel, adutora móvel por recalque e terá um raio de alcance que vai do 0,5 km ao 8º km do Canal do Sertão. 

O projeto desenvolvido pelo Governo do Estado visa dar melhores condições de vida para os moradores das comunidades rurais do Sertão que sofrem com a falta de chuvas e que buscam sua sobrevivência a partir das atividades agropastoris de pequeno porte.